Monthly Archives: March 2011

A Norma de Uma Transformação Linear

Suponhamos que seja um espaço vetorial real normado de dimensão finita (a norma não é uma exigência essencial; considerando uma base qualquer para , podemos fazer uma bijeção entre e o vetor do que tem na -ésima coordenada e nas … Continue reading

Posted in Uncategorized | Leave a comment

Lema 3 para Radon-Nikodym

O Teorema de Radon-Nikodym denota a medida de Lebesgue em e denota uma medida absolutamente contínua em relação a . Os conjuntos e funções são supostos mensuráveis. Quando tratamos da “medida” de um conjunto, está implícito que é a medida … Continue reading

Posted in Uncategorized | Leave a comment

Lema 2 para Radon-Nikodym

O Teorema de Radon-Nikodym denota a medida de Lebesgue em e denota uma medida absolutamente contínua em relação a . Os conjuntos e funções são supostos mensuráveis. Quando tratamos da “medida” de um conjunto, está implícito que é a medida … Continue reading

Posted in Uncategorized | Leave a comment

Lema 1 para Radon-Nikodym

O Teorema de Radon-Nikodym denota a medida de Lebesgue em e denota uma medida absolutamente contínua em relação a . Os conjuntos e funções são supostos mensuráveis. Quando tratamos da “medida” de um conjunto, está implícito que é a medida … Continue reading

Posted in Uncategorized | Leave a comment

Sublema para Radon-Nikodym

O Teorema de Radon-Nikodym denota a medida de Lebesgue em e denota uma medida absolutamente contínua em relação a . Os conjuntos e funções são supostos mensuráveis. Fato: se é um intervalo e é uma partição de tal que , … Continue reading

Posted in Uncategorized | Leave a comment

O Teorema de Radon-Nikodym

Quando vi pela primeira vez o teorema de Radon-Nikodym, foi apresentada uma demonstração de Von Neumann. Com certeza é uma demonstração belíssima, mas infelizmente ela usa uma teoria um pouco sofisticada, a dos espaços de Hilbert. E Von Neumann era … Continue reading

Posted in Uncategorized | Leave a comment